terça-feira, 2 de novembro de 2010

Para que não digam que a GNR não tem paciência


“Digo-lhe senhor Guarda que já vi por três vezes no porta-luvas e não encontro a carta de condução...”
“Veja bem mais uma vez Minha Senhora, tenho a certeza que está aí !!!"

Nota minha: pelo interesse que despertou este artigo não pude ignorar o facto de este merecer uma bonificação que, não é nada mais do que a foto em ponto maior, para se ver melhor a ‘pitinha’, em especial por aqueles que detestam óculos... que raiva tenho às cangalhas do nariz! Agora digam que não gosto de vocês; que não sou amigo... andem lá, digam, digam?  

5 comentários:

Artur/Leiria disse...

Se não houver comentários
É sinal de que não vão gostar
Não queiram ser otários
Nem sequer maus Hilários
Não me o façam eliminar

Tá dito.

eduardo maria nunes disse...

Gostar mas lá não chegar
Fico até a olhar
Até a carta encontrar
Que linda coisa se veja
Procura mais devagar
Apressada não seja
Quando se endireitar
Encontra o que deseja
Mesmo que carta não seja
Se for para te consolar.

Anónimo disse...

Gostar, gostam todos!
Falta é vontade de o reconhecer!

António Páscoa disse...

Mas porque razão eu não concorri à GNR!
Foi bom ter sido Fuzileiro, mas no meu tempo não havia lá destas metralhadoras! Só lá iam aos domingos visitar os namorados que tinham o azar de ficarem de serviço!

Artur/Leiria disse...

Temos assim uma maior ‘pitinha’
Ao que parece deve ser virgem
Vamos pois ver quem adivinha
É a vossa ideia ou será a minha
Oh! Coisas lindas que se impingem


O que é lindo é para se ver…