sábado, 5 de fevereiro de 2011

Causas principais que prejudicam o fígado



1. Deitar tarde e levantar tarde

2. Não urinar pela manhã

3. Comer demasiado

4. Beber o café da manhã

5. Consumir muitos medicamentos

6. Consumir conservantes, colorantes, adoçantes artificiais

7. Consumir óleos de cozinha não saudáveis.
(Reduzir tanto quanto possível o consumo de alimentos fritos mesmo quando se utiliza azeites benéficos. Não consumir alimentos fritos quando se está cansado ou doente.)

8. Consumir alimentos demasiado cozidos sobrecarrega o fígado.
(Os vegetais devem ser comidos crus ou pouco cozidos. Ao consumir-se vegetais fritos, fazê-lo de uma só vez, ou seja, não se devem guardar para consumo posterior.)

Poderemos seguir estes conselhos sem que signifique mais custo. Só temos que adoptar um estilo de vida mais saudável e melhorar os nossos hábitos alimentares. Manter bons hábitos de alimentação e exercícios saudáveis é fundamental para o nosso organismo. Comer alimentos biológicos naturais e minimizar os produtos com químicas, ou seja os processados que se vendem em latas, pacotes, etc.

Não esquecer que são conhecidas 15 mil substâncias químicas, usadas pelas mais variadas razões pela indústria alimentar, entre elas, para um melhor apaladar e uma preservação mais longa dos alimentos nas prateleiras, os quais têm um efeito descomunal nas incidências do cancro…

1 comentário:

edumanes disse...

Diz o ditqado deitar cedo e cedo erguer dá saúde e faz crescer. Deitar tarde e levantar tarde, não urinar pela manhã, comer demasiado, são hábitos pouco saudáveis. O essencial é comer quando tem fome, uricar quando tem vontade de o fazer. Beber café a seguier ao almoço. Consumir apenas os medicamentos necessários para o equilíbrio da sua saúde, quando receitados pelo médico assistente.
Para o meu bem-estar, eu respeito todas as normas aqui mencionadas, e faço muitos exercícios físicos.
A minha a alimentação é muitas das vezes feita de grelhados na brasa, carne e peixe. Tento o mais possível comer alimentos biológicos.
A nossa saúde depende muitas das vezes, de nós próprios.
Amigo Artur, obrigado pela chamada de atenção, a qual todos deveremos aceitar com humildade.
Bom fim de semana
Um abraço. Eduardo.