sábado, 11 de fevereiro de 2012

Na escola a professora:

- Crianças, amanhã quero que me tragam exemplos de construções que estão a ser feitas próximo das vossas casas e quais as vantagens destas novas construções para nós.
- Sim professora.
No final da aula, a professora pede a todas as meninas que fiquem na sala porque quer dizer algo:
- Olhem, meninas, como o Joãozinho é muito malcriado é provável que amanhã ele diga alguma das suas asneiras. Por isso, vou pedir que, para evitarmos problemas, quando ele disser algo que nos pareça grosseiro, todas vocês se levantem imediatamente e saiam da aula.
Todas concordaram com o plano.
No dia seguinte, pergunta a professora:
- Fizeram a redacção que eu pedi? Primeiro você, Anita.
- Perto da minha casa estão a construir um supermercado. Assim, a minha mãe não precisa de andar tanto para ir às compras.
- Muito bem Anita! Sim, Raulzito fale você.
- Perto da minha casa estão a construir uma fábrica de móveis. Assim, como o meu pai é marceneiro ele vai poder trabalhar mais perto de casa.
- Excelente, obrigado Raulzito.
Nisto o Joãozinho levanta a mão. Diz a professora:
- Ai, meu Deus!
Fala, Joãozinho. O que é que estão a construir perto da tua casa?
- Perto da minha casa estão a construir um bordel.
Imediatamente todas as colegas do Joãozinho se levantam para sair da sala e ele diz:
- Calma, suas putas... Ainda não abriu!

3 comentários:

TINTINAINE disse...

Ninguém pára o Joãozinho!
Ele é do piorio!!!!!

António Querido disse...

Esta deste Joãozinho, que nunca mais aprende a portar-se bem nas aulas, fez-me rir a sério!

edumanes disse...

Joãozinho é o máximo
Ele sai sempre vencedor
Com o bordel em construção
Já as moças a caminho
Desta vez não fez confusão
Calma,suas putas, ainda não
Abriu, só disse Joãozinho!

Bom fim de semana para ti, amigo Artur.