terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Marcha dos Marinheiros


Os marinheiros
Quem não conhece esta bonita marcha dos marinheiros que fizeram parte das melodias de sempre.
Cantada por António Calvario Marcha dos Marinheiros"
Música de Carlos Calderón
Filme – Bocage – Leitão de Barros, 1936
...oOo...
Refrão
Os marinheiros aventureiros
São sempre os primeiros
Na terra ou no mar.
Ao ver as belas
Pelas janelas,
Soltam logo as velas
Para as conquistar.


A navegar,
Sobre as ondas, desde Goa,
Nós viemos a pensar
Nas meninas de Lisboa.
Desembarcados,
Mesmo assim, os marinheiros
Vão ficar ancorados
A uns olhos traiçoeiros.

Salgadas pelo Mar
As nossas bocas vêm,
Vêm procurar o mel que os beijos têm,
Que é tão bom para as adoçar.


Largamos vela na ribeira de Pangim,
A pensar numa janela enfeitada de alecrim.
Entrando a barra,
Mal a nau chega a Belém,
O marujo deita amarra
À mulher que lhe convém.
Refrão
Belos anos de lindas e simples canções que chegavam ao coração povo banhadas pelo Tejo ao partir das Caravelas.
Sua estreia no dia 1 de Dezembro de 1936 no cinema São Luis.

1 comentário:

edumanes disse...

Pois é. Marinheiros e marinheiras
São sempre elas as primeiras
Na terra ou no mar
De pé ou na cama
A fazer levantar a vela
No Bairro Alto ou em Alfama
Saltam da Caravela
Para os marinheiros conquistar!
Mar salgado doce beijo
À chegada a Lisboa abraçado
Nos braços um desejo
Foi assim no passado!