quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Travessuras do Joãozinho

Na escola a professora:


- Crianças, amanhã quero que me tragam exemplos de construções que estão a ser feitas próximo das vossas casas e quais as vantagens destas novas construções para nós.
- Sim professora.
No final da aula, a professora pede a todas as meninas que fiquem na sala porque quer dizer algo:
- Olhem, meninas, como o Joãozinho é muito malcriado é provável que amanhã ele diga alguma das suas asneiras. Por isso, vou pedir que, para evitarmos problemas, quando ele disser algo que nos pareça grosseiro, todos vocês se levantem imediatamente e saiam da aula.
Todas concordaram com o plano.
No dia seguinte, pergunta a professora:
- Fizeram a redacção que eu pedi? Primeiro você, Anita.
- Perto da minha casa estão a construir um supermercado. Assim, a minha mãe não precisa de andar tanto para ir às compras.
- Muito bem Anita! Sim, Raulzito, fala você.
- Perto da minha casa estão a construir uma fábrica de móveis. Assim, como o meu pai é marceneiro ele vai poder trabalhar mais perto de casa.
- Excelente, obrigado Raulzito.
Nisto o Joãozinho levanta a mão.
Diz a professora:
- Ai meu Deus!
Fala, Joãozinho. O que é que estão a construir perto da tua casa?
- Perto da minha casa estão a construir um bordel.
Imediatamente todas as colegas do Joãozinho se levantam para sair da sala e ele diz:

- Calma, suas putas... Ainda não abriu!

2 comentários:

edumanes disse...

Todos fizeram o trabalho de casa.
Cada um respondeu ao solicitado
Quando pretendiam sair da sala
Alto aí, ainda, não foi inaugurado.

Valdemar disse...

Cá nas nossas mais altas chefias temos só Joãozinhos têm sempre a resposta na ponta da lingua.
Reparem que agora até o nosso Submarino o Trident, até tem a doênça da Juventude.
Ou será que é a que o Joãozinho alude.