domingo, 9 de maio de 2010

TOURADA Louçã vs Sócrates

...oOo...
Confusão de amigos...

- Ena pá! Marra devagarinho para não aleijares!

- Qual devagarinho qual carapuça? É mesmo a rachar, para não estares para aí armado em matador. Porque, como sabes, quem vai à guerra dá e leva. Porra; que é melhor dar do que levar. Aguenta Chico que é serviço, e em serviço não há tempo para limpar espingardas…

- Com esses cornos todos ao menos podias avisar, Zé… Gaita que contigo já nem se pode mesmo brincar, pá! Na Madeira és um Cândido florista! Aqui nem Cravos Vermelhos podes ver… carago! Desculpa, pensava que o 25 de Abril te dizia alguma coisa…

***
25 De Abril; Cravos Vermelhos

Cor linda, sentido deturpado
Políticos; mirem-se aos espelhos
Não Façam dos portugueses um povo conturbado

Façam um povo pátrio amado
Povo conturbado de amor escasso
Olhem que um patriotismo rasgado
Mora em casa de quem ama o espaço

Um homem pode tanto em sua casa
Que no fim de morto são quatro para o levar
No entanto, enquanto vivo pode arrasar
Toda a tirania ingrata que possa encontrar...

Vermelho é sangue. Verde simboliza esperança!
Por isso quero o Verde a sustentar toda a bonança…

2 comentários:

TINTINAINE disse...

Esta noite deste-lhe forte hein Leiria?
Gostei da tua banda desenhada e dos teus versos.
Não sei qual é a tua fonte mas promete!

Artur/Leiria disse...

O segredo, como reza na gíria, é a alma do negócio e como este é rentável - segreda-se duas vezes mais… Tem calma que depois eu digo, logo que a barriguinha esteja cheia, is it a deal?
Um abraço!