sexta-feira, 7 de maio de 2010

A erecção do Primeiro-ministro

...oOo...
Não haja dúvidas que o homem dos grandes sonhos quer com uma peneira tapar o sol da desgraça que irradia Portugal!

“Damos-lhe a TGV e o pagode aceita, porque é assim com o ilusório trabalho temporário que o enganamos... desta maneira, enquanto o pau vai e vem, deveria folgar as costas, mas a gente em vez disso aproveita e enche o saco! É um bem que vem por mal camaradas.

Viva a de(s)mocracia!"

4 comentários:

Anónimo disse...

Quem sou eu para dizer se as grandes obras que o Sócrates pretende levar a cabo são ou não prejudiciais para o que resta da nossa paupérrima economia.
Mas, como todos os dias ouço economistas nas televisões a dizerem que não temos capacidade financeira para tais obras, leva-me a pensar que o Homem ou é teimoso, mal aconselhado ou anda a fazer de nós parvos.
Assim sendo ainda havia remédio, se tivesse na Presidência da Republica alguém que pusesse os pontos nos is, mas parece que não é por aí que vamos, concretamente se o Presidente que tem conselheiros para a área económica, e para a semana vai receber uma quantidade de ex-ministros das finanças se chegar á conclusão que essas obras são para nos enterrar ainda mais do-que estamos, então ponha o Homem para correr, que tem poderes para isso, para a rua que se faz tarde.
Um abraço
Virgilio Miranda

Artur/Leiria disse...

Idem… Aspas…
Aspas… Idem…
Camarada… Camaradas…
Na rua é que estavam bem,
Com umas boas patadas…

Abaixo com os pencudos!

Piko disse...

Claro, que as pessoas que pensam livremente e que não desfrutam de benesses, dão indícios de começar a perder a paciência, porque não é novidade para ninguém que do exterior chegam todos os dias notícias de alarme, quanto aos resultados da política interna portuguesa que não auguram nada de promissor...
O que acontece neste país é uma coisa nova no grande bloco Central, sempre tão unido no essencial quanto à governação... A divisão é profunda e o BLOCO poderá vir a rachar! Até há pouco tempo, via-se que os dois partidos do Centro tinham o "mesmo jeito" para a coisa pública, mas tudo tem um fim e a ruptura está aí e pode engolir Cavaco... A ver vamos, é estar atentos que a COISA promete!...
PIKó

Artur/Leiria disse...

É mesmo assim amigo Pikó…
Porque quem fala assim não é gago!
Dá-lhe sem piedade nem dó;
Como fosse já, trabalho pago.