sexta-feira, 3 de junho de 2011

ACORDUM E SANTA ALIANÇA - FIGAS CANHOTO!


(Deve ser Cantado, vamos lá...)

I
Quem será…, será…?
Forever will be, will be…
The future is not ours, to see…, to see.
Quem será…, será.
II
Quem será…, será…?
Quem dos dois nos vai tramar?
Mal por mal o Passos, vá lá…
Na esperança de melhor governar…
III
Quem será…, será?
O Passos, talvez o melhor?!
Por isso uma chance p’ra já.
Já que o Socas é do pior.
IV
Quem será…, será…?
Forever will be, will be…
The future is not ours, to see…, to see.
Quem será…, será.

8 comentários:

Pascoa disse...

ALLÔ TORONTO, AQUI FIGUEIRA, tudo bem por aí meu! Estou a vêr que sim, temos música e da boa, só que o compositor esqueceu-se que, quem nos vai lixar e Governar é o FMI ou TRÓICA = a ladrões, portanto dificilmente sairemos do LÔDO!
Vai aguentando por aí, quando a equipa joga bem não se mexe!

Anónimo disse...

Pois é Amigo Leiria, desta vez não vai ser nenhum destes «artistas» a governar, quem dá as cartas desta vez são aqueles que cá meteram a «massa», os de cá bem podem mostrar que mandam mas é só para Inglês ver, e ainda bem, senão lá ia o dinheirito todo para os bolsos deles e dos amigos.
Um abraço
Virgílio

António Querido disse...

Experiência, para vêr se é aceite o meu comentário através do Google Crome.

António Querido disse...

Boa, problema resolvido, Obrigado Carlos!

edumanes disse...

Dos dois quem será. Ou-la-ri-loulé!
Quem o povo vai tramar, e quem paga é o zé?
Passos ou sucatas, tudo anda sem fé
Neste país, onde anda quase tudo à socapa
Sem respeito ao homem de Loulé!

Um abraço
Eduardo.

Rafael disse...

Comentário teste!
Estou a tentar endireitar a coisa!

Artur Sousa (Leiria) disse...

Endireitar a coisa!?
O que é isso; então a coisa está assim tão má, pá?
Um abraço e saúde na coisa…

Artur Sousa (Leiria) disse...

Quanto à coisa, cá comigo, nunca esteve tão boa que até entra em acção sem ser preciso pedir ao pai. Vai directo sem ter que fazer mais nada… qual conta Google ou outra qualquer, qual caraças…!
I love it! I love it!
Saúde da boa, hermanos…