domingo, 5 de dezembro de 2010

Arrebatado...! Pasmado...! Boquiaberto...!

...oOo...
Ao regressar a casa do trabalho e com o rádio do carro ligado numa estação de rádio portuguesa, cá do Burgo, quando ouço o locutor dizer que em Portugal existiam, devido à neve e tempestades várias, 40 estradas fechadas ao trânsito! Já não basta a desgraça da economia desolante que Portugal vai atravessando e, agora ainda mais esta! É mesmo preciso ter azar… bem diz o Carlos que o país está amaldiçoado desde que se conhece como país. Entregue, desde início a reis e aos seus ricos vassalos! Hoje; mudaram-se os títulos mas a trampa é a mesma, ou seja como o meu pai dizia: - “não é merda cagou-a o cão”.
Qual jardim junto ao mar qual carapuça, como se fala por aí. Querias! Como foi roubado aos castelhanos, e quando assim é, a sorte não mora lá não, - de jeito nenhum!
Então eu, que estou na terra do gelo, e que até à data não passou ainda duns farrapitos da branca que, foi só, para a gente se ir preparando. Contudo, vocês aí, que sem estarem preparados ou habituados e sem aviso, sem dó, sem piedade – e vai disso!? Vai servir com certeza, para se esquecerem um pouco das façanhas do grande esquentamento chamado Sócrates e dos seus lacaios.
Fico-me por aqui; fazendo votos que tudo se venha a vencer, porque outra coisa não sabemos fazer… foi, é e será sempre assim! Mesmo que não se tenha ganho ainda a derradeira guerra - batalhas vão-se vencendo… Graças ao Senhor!

Coragem! Porque Ele, O Homem Grande, está do nosso lado…

Aceleram suave, suavemente.
Como quem espera por mim!
Será chuva? Ou será neve lá à frente?
Chuva não. Não é certamente...
É neve! Porque escorrega sempre assim!

3 comentários:

Fuzo de agua doce disse...

Pois é, Amigo Leiria, isso de Clima Ameno já foi, agora mesmo acabo de ver aqui na Internet, um Tornado na zona de Tomar com vários feridos, a semana passada esteve um frio de rachar, no Domingo de manhã quando abrimos as portas de casa vinha um ar quente que até assustava, portanto meu Amigo, até o clima se zangou connosco, já não são só os Homens da Divida Soberana que nos querem pendurar, estamos tramados.
Um abraço
Virgílio

Artur Sousa (Leiria) disse...

Confiro com o que dizes amigo, porque mais uma vez na caixa mágica do carro, falaram acerca do que aconteceu nas zonas de Santarém e Tomar, com feridos já, devido a partes de casas arrancadas pelos ventos ciclónicos! Como dizes a situação esta a ficar preta para o país em todos os aspectos… E quando assim é, embora com choros e ranger de dentes, para a frente é que é caminho…
Força anímica a todos…

eduardo maria nunes disse...

O mal não será da neve? Nalguns locais por vezes causa estragos. No entanto na Serra da Estrela, em tempo de neve os negócios aumentam. Muitas pessoas se deslocam para aquela localidade, onde se maravilham com o manto branco sobre a serra.
O pior são as tempestades causadas pelas fortes chuvadas que por vezes assolam o nosso pequeno, mas belo Portugal. Contra a natureza os homens podem lutar, mas será impossível vencer a sua fúria que, por onde passa deixa um rasto de destruição.Como o tornado que acoteceu, ontem, na zona e em Tomar. Quanto aos homens que o mal governam, esses ficam impunes, de quaiquer pejuízos causados ás pessoas, cujo o País não pode nem deve ser responsabilizado. Esta é a minha opinião.