quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Mesmo, mesmo, mesmo… de abalada

Férias na Santa Terrinha!

Pois é amigos, cá o rapaz, depois dum ano de tanto vergar a mola, também tem o direito a umas férias rejuvenescedoras aí mesmo na Quinta de todos nós!

Por umas quatro semanitas vou estar arredado destas aventuras ‘bloguistas’, Se acaso, algum e todos vós, quiserem estar cá com o ‘escola’, nada mais fácil do que participarem na festinha da 8, no dia 2 de Outubro em Pombal. E a partir daí logo se combinará futuros eventos para os que possam estar interessados. Melhor do que isto só na farmácia como se diz na minha terra.

O ano passado tive a oportunidade de estar Com o Carlos, Rafael, Hipólito, Verde, Jordão, Licínio, salema, Luís Vieira, Sargento Vitorino, João Camarada e o Luís Oliveira do Porta da Capitania, sem esquecer as esposas da maior parte dos escolas, cujo nome não menciono porque não sei. Se ao acaso me esqueci de mencionar alguém, que me perdoe que não foi intencional.

E a partir de Sábado, 18 do corrente está tudo fechado para férias, pode ser que depois do regresso com as baterias carregadas os blogues não fiquem por aí aos caídos como tem acontecido ultimamente, no entanto teimo mas não aposto como dizia a minha e vossas avós.

Saúde a todos, com um até breve físico ou virtual.

...oOo...
Vivo além no meu casebre
Onde cheira a rosmaninho
Onde nasceram meus pais
E os rouxinóis fazem ninho
Quando o sol nasce no outeiro
Cheio doiro e alegria
Vem ter logo ao meu telhado
Para me dar os bons dias
Eu não troco o meu casebre
Por um palácio dourado
Que não cheira a rosmaninho
Nem tem ninhos no telhado

...oOo...
Este é o blogue do Timoneiro
Que nos anima e dá alento
Não fosse ele um bom parceiro
Não viria à tona bom talento
Mantêm-nos no activo
Num positivismo constante
Dum carácter altivo
Duma amizade irradiante

É ele o gigante impulsionador
Com conhecimentos a rodos
Tudo o que sabe, como tutor
Vai compartilhando com todos

...oOo...
O Escola de Fuzileiros
É o blogue de todos nós
Comentem parceiros
Não o deixem a sós

Muita tralha já lá está
Com peripécias à mistura
Escreve historieta para lá
Que publicada muito dura

Muitos anos na Briosa
Dignos de serem lembrados
Não fosse ela Garbosa
Duma craveira Majestosa
Dos mais belos Predicados


...oOo...
Por fim o meu abandonado
Para vos dizer: estou vivo
Lá porque não é engraçado
Serve para divertir um bocado
E ao mesmo tempo estar contigo

Como já disse o tempo é pouco
E o talento é amargurado
Penso-me no entanto, não louco
Ao alimentar o bicharoco
Melhor assim do que estar borrado

Três quintilhas para animar
O forrobodó cá da gente
Não importa se não gostar
Cá por mim não é de ralar
O que importa é estar contente

8 comentários:

Fuzo de agua doce disse...

Bom regresso Amigo Leiria á Terra Mãe, e boas Férias,não demores muito que ainda vens a tempo de dar um mergulho que o tempo ainda vai estando bom para isso, e com jeito ainda podes ajudar nas vendimas, que estão aí em força.
Um abraço
Virgílio

TINTINAINE disse...

Quero ser o primeiro a comentar e por duas razões.
A primeira é que ser o primeiro tem sempre as suas vantagens. Candeia que vai à frente alumia duas vezes; não é assim que se diz?
A segunda é que te dou ainda tempo de responder se isso te apetecer, é claro.
Na minha opinião andaste a preparar isto com antecedência, nos tempos mortos, para deixares aqui à laia de despedida. Mas não faz mal nenhum, nem sempre as coisas de inspiração momentânea são as melhores. Gostei, à brava, dos versos e das imagens que lhe juntaste. Estás a ficar um bloguista de mão-cheia.
Quanto ás férias, faz as malas com tempo e cuidado para te não esquecer algo que te faça falta. E prepara-te para aproveitares o tempo o melhor que souberes e puderes. Cada minuto decorrido não volta mais e há que aproveitá-los todos.
E no dia 2 de Outubro lá nos encontraremos todos, como combinado.
Não te esqueças de me telefonar, logo que chegues cá, para me dares o teu número de telefone.

Valdemar disse...

Acabei de escrever no meu Blogue isto antes de ter lido o que aqui dizias.
Uma boa razão para me libertar e assim não precisar de roubar os ovos de Galinha à Mulher para juntar o dinheirito que ía gastar para pagar a paparoca.
VERDADE:
É feio deizer aquilo que não se sente. Mas sei que todos vós e principalmente tu me vais desculpar esta maldadezinha.
Desejo-te uma Viagem espectacular e vai ser uma honra poder-te conhecer pessoalmente, bem com à tua Cara-Metade e papaguearmos.
Como sabes isto de Metangula e todo o Moçambique traz-nos estas apixões e amizades e oportunistícamente aproveitando isso lá vou eu intrometer-me.
Faço das tuas minhas palavras e é convicção minha que vamos ter um convívio maravilhoso.
Até lá.

A. PÁSCOA disse...

Uma boa viagem, até ao nosso maravilhoso cantinho!

Valdemar disse...

Lucky Boy... Uma boa viagem e que tudo corra bem.
Valdemar Alves

Agostinho disse...

Olá Artur!
Que tenhas umas bos férias, e que encontres todos os teus familiares e amigos numa boa.
Boas viagens!
Por favor dá um abraço do amigo Agostinho Maduro para toda a malta.
Um abraço do amigo Agostinho Maduro

Artur/Leiria disse...

Obrigado AMIGOS…

Vocês são todos uns QUERIDOS!
Sempre em cima do acontecimento…
Tenham saúde também, AMIGOS.
Por muitos anos: bons e compridos…
Sem esquecerem de viver o momento.

Obrigado AMIGOS…

Ciao, Amici…

Piko disse...

Oh Artur amigo, venho aqui lembrar-te que pelas nossas contas o mês de benditas férias já se foram... Agora vê se apareces à rapaziada com os teus ditos que «... ISTO SEM TI NÃO É A MESMA COISA...»
Um abração e muita saúde que é o essencial!
PIKÓ