sexta-feira, 6 de abril de 2012

Menos sorte do que um “Rafeiro”


Rare Canadian penny fetches $402,500 US

(Eis uma das moedas falsas que o Nel 
encontrou com o 'dot' por debaixo do 9 e do 3) 

- Arty! (o nome que os meus filhos me deram), queres saber uma coisa? Ontem estava em casa com uma neura que nem queiras saber! Dei-me na gana e fui comprar 50 dólares de moedas de um cêntimo para a minha coleccção, e, não é que me dei com duas de 1936!!!
 É o meu cunhado: Nel para a familia, e Manuel para o mundo, a chamar-me, quase como louco cheio de entusiasmo.
- Sim e depois onde é que está a razão de tanto jubilismo?

- São de 1936, pá! Então não sabes da história dessas moedas?
- Confesso que são coisas que sempre me passaram ao largo e como sabes não sou coleccionador tarado como tu! Sou eu a retorquir nas maior das calmas, se calhar saber dum lagar de azeite tinha mais interesse para mim do que saber de moedas de cêntimos.
- Arty vai à NET e clica no site: http://www.cbc.ca/news/canada/story/2010/01/04/consumer-canadian-coin-auction.html para veres do que estou a falar.


((Eis a moeda que rendeu a bonita quantia de
 402,500 dólares americanos num leilão)

Como poderão ver são duma extrema raridade porque, são conhecidas só três no mundo, por isso a razão dos seus 402,500 dólares de valor só por uma, em excelente condição, claro.
- Arty, se não te importares amanhã (que ia ser Domingo) vamos tirar um sem número de fotos e ao memo tempo discutirmos qual o plano a seguir, pode ser? Pedia ele (como se duma estratégia de guerra se tratasse) para não sermos embalados, penso, com o conto do vigário.
 Nas maiores das calmas, mais tarde, assim o faço e, qual não é o meu espanto ao deparar-me com a incrível notícia à qual todos vós tereis acesso também, como o título inserido no topo deste texto reza, para ajuizarem também do que estou falando.
Lá bem pela matina, éramos nós a tirar fotos de todo jeito, dentro de copos, em cima de copos, com espelhos convexos e côncavos, lupas e lunetas sobre a data dum diário do dia cá do Burgo; tudo por causa do minúsculo pontinho que fica mesmo por debaixo dos digites 9 e 3 vejam aqui do ano 1936 como as imagens o atestam.
Planeamos, como ficara assente no dia anterior, vimos e estudamos a situação por vários prismas para assim se conseguir um máximo do seu valor sem se correr possíveis riscos que estas coisas nos possam trazer. Ficou assente que o Nel iria logo que possível avaliá-las, o que iria custar 50 dólares cada. Porém, eu que não vou muito nestas coisas ia dizendo, não te entusiasmes em demasia porque se elas não forem legítimas a tua decepção ir-te-á afectar! Portanto calma aí.
Dias depois no meu telemóvel:
-Arty; são falsas pá! Notando-se uma desolação tremenda na sua voz.
- Então acreditas-te nessa logo à primeira, não pensas que seja ele a testar-te?
-Não pá, ele até, já escreveu um artigo num jornal sobre elas, mostrando-me também que o pontinho não estava no devido alinhamento a 100%. Ainda, da forma como falou vê-se que é perito no assunto, portanto não me deixou dúvidas algumas.
- Agora que pretendes fazer com elas?
- Nada, mantenho-as na minha colecção pelos menos assim não irão decepcionar mais ninguém.    
Não haja dúvidas: o Nel teve "Menos sorte do que um "Rafeiro"!"
  

5 comentários:

TINTINAINE disse...

O falsário que fabricou a moeda era um banana. Então não reparou que o pontinho era entre o 3 e o 6!?
Grande azelha me saiu o galo!
E o Nel perdeu 402 notas de mil!
Isso é que foi azar!

TINTINAINE disse...

E em vez de gajo saiu galo!
Que grande galo o meu!

Observador disse...

E eu a pensar que só havia falsificadores de notas, afinal já chegaram ás moedas, deve ser sinal da crise.
Um abraço
Virgílio

Santos Oliveira disse...

Estavas á espera dos ovos da Páscoa e saiu-te um... ponto.
Grande coleccionador me saíste.

Abraços, do
Santos Oliveira

PS:O teu Gmail está saturado. Vem tudo para trás, há ... muito tempo.

Artur Sousa disse...

Olá amigo Oliveira;
A história da moeda passou-se com o meu cunhado, ele é que é o tarado colecionador!
Acredita que hoje apareceu com uma outra moeda que ao que parece é muito mais perfeita, mas lá por isso não saltou como fez com as outras, porém é intenção dele avaluá-la também. Nunca se sabe o que poderá acontecer sem sua avaliação.
Quanto à saturação dos meus mails não me admira, terei que fazer uma limpeza radical, ou então não há nada para ninguém.
Um abraço.