quinta-feira, 1 de setembro de 2011

INQUÉRITO

Vira-se uma jovem, que fazia inquéritos, para um camponês:
- Boa tarde! Estamos aqui para recolher informação sobre a Razão do Aparecimento da Doença das Vacas Loucas. Tem alguma ideia de qual será a razão?
Diz o camponês (muito admirado):
- A menina sabe que o boi só dá uma queca na vaca uma vez por ano?
Ela (embaraçada):
- Bem... senhor, uma nova informação, mas qual é a relação desse fenómeno com as doenças?
Diz o camponês:
- Bem, a senhora sabe que nós mugimos as vacas quatro vezes por dia?
- Senhor, é uma informação válida, sem dúvida, mas... que tal se respondesse à questão?
- Eu estou a responder à questão, minha senhora!
Imagine se eu estivesse a brincar com as suas mamas quatro vezes por dia e só lhe desse uma queca uma vez por ano, a menina também não ficava LOUCA?


4 comentários:

Anónimo disse...

Está bem metida Amigo Leiria, esta Rapaziada só pensa na malandrice.
Um abraço
Virgílio

edumanes disse...

Esta malandrice não faz mal,
Ajuda o tempo a passar
O camponês queria afinal
Nas tetas da menina mamar.
Assim, ao inquérito respondeu
Sem muito se esforçar
A menina lhe agradeceu
Para o trabalho terminar.

Bom fim de semana,
Um abraço
Eduardo.

TINTINAINE disse...

Uma anedota de mamas num blog esquecido!
Já não era sem tempo, seu «desertor»!!!!!!

António Querido disse...

E eu que levei a vida a lidar com "Vacas" e fui bastante prejudicado com as loucas, não sabia que era por isso que elas tremiam à minha frente!
Descobri o medicamento tarde demais!-:)
Eu não te chamo desertor, porque desse assunto percebe o Ricardo Carvalho, talvez trabalhador seja a palavra adequada.
O meu Abraço