segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Como a morte dum cisne...






 ooooOoooo
Eis algumas fotos tiradas pela minha mulher, a título de experimentação, com uma câmara de marca ‘fuji’ que adquiriu por ser imensamente pequena com 14 pixéis e 10 x zoom que cabe no bolso das cuecas.
E, quando o dinheiro é para se usar... usa-se mesmo. Muito em especial pelas mulheres que, ao contrário dos homens, não têm medo do amanhã! Será isso? Ou não fossem elas oriundas do planeta das Deusas: Vénus, onde o amor e a emoção são predominantes da equação platónica... e contra isso - batatas…
Quanto ao título intencionalmente uso-o porque, logo após o meu regresso em Outubro das minhas férias em Portugal ao Canadá; todas estas cores que se apreciam aqui, se não desapareceram pelo menos os seus tons serão duma beleza derradeira como bela e derradeira é a morte do cisne!
University Avenue, idêntica à Avenida alfacinha da Liberdade, faz de pano de fundo das fotos expostas.  

3 comentários:

TINTINAINE disse...

Belo, belo, belo!
Também quero uma destas para mim!

Anónimo disse...

Pela amostra não foram enganados na compra da nova máquina.
Duas coisas me chamaram a atenção na segunda foto: os Táxis terem a cor base á Benfica, mas uma segunda que neste caso têm o azul e noutro o amarelo, o que leva a pensar que a escolha dessa segunda cor será da responsabilidade e gosto do proprietário do Táxi, será assim?
A segunda coisa que reparei, é que no canteiro dessa mesma foto parece-me que uma das verduras lá plantadas serão cardos, e estão bem bonitos, por cá são considerados ervas daninhas.
Um abraço
Virgílio

Artur Sousa (Leiria) disse...

Respondendo ao amigo Virgílio; sim a máquina que foi ‘baratucha’ vai-se portando bem. Quanto aos táxis e suas cores, estas são escolhidas pelas companhias proprietárias, ou antes pela associação a que os taxistas estão associados porque muitos dos táxis são propriedade do próprio ‘chauffeur’.
Quanto aos cardos a que te referes são mesmo cardos de jardim, curioso como: “cada terra seu uso e cada roca seu fuzo”
Um abraço.